Console: Podcast

capa-podcast-s02e66

#66: Quebrando a cabeça

Existem jogos em que você não está fazendo peripécias inacreditáveis, mas meramente movendo cubos ou organizando objetos… e isso é muito legal! Falamos sobre puzzles, os video games que desafiam mais as mentes do que os dedos e que simbolizam acima de tudo o que é um jogo. Por que “Tetris” é, na verdade, uma brincadeira de dominó? “The Lost Vikings” é um puzzle ou um jogo de plataforma? Como acender um abajur usando um gato, um ferro de passar e dois foles?

capa-podcast-s02e65

#65: My name is Lucas

George Lucas foi o produtor perfeito, e não somente no cinema: deixou sua marca nos video games também. Revelamos toda nossa admiração pela LucasArts, criadora de séries tão marcantes como “Monkey Island” e “Maniac Mansion” – isso para não falar das franquias cinematográficas como “Indiana Jones” e “Star Wars”. Você sabia que a LucasArts também fez jogos de batalhas aéreas da Segunda Guerra Mundial? George Lucas morava no segundo andar?

capa-podcast-s02e64

#64

NINTENDO SIXTY-FOOOOOOOUR! Fizemos uma sincera homenagem ao console que foi, ao mesmo tempo, o maior presente de Natal e o video game mais underrated de todos os tempos. Por que ele, apesar de trazer novidades verdadeiramente revolucionárias, fez tão pouco sucesso tanto entre jogadores como entre produtores? Seria o Nintendo 64 o console mais visionário e radical da história?

capa-podcast-s02e63

#63: The show must go on

O que é bom tem sempre que continuar? Mesmo? Repassamos toda a história dos video games para tentar descobrir quando a indústria deixou de ser uma máquina criativa para se transformar em uma grande xerocadora. Qual a diferença entre uma franquia, uma propriedade intelectual e uma série? O que tem de novidade entre os “Mega Man” 3 e 6? O mundo precisa de um “Assassin’s Creed” novo todo ano?