Bota Ficha

Bota Ficha é a seção do Pouco Pixel em que você, ouvinte, tem a oportunidade de esticar o podcast por mais dez minutinhos! Basta sugerir um ou mais assuntos (de preferência relacionado a video game velho) e a gente fala sobre ele no ar. As sugestões ficam acumuladas aqui nesta página e podemos usá-las a qualquer momento. Não deixe dar game over – bota ficha!

Bota Ficha!

 
 
 
 
Todos os campos são obrigatórios. As sugestões são lidas antes de serem publicadas nesta página.
97 entries.
Victor Chagas Seibert
Tetris 99, tetris no geral, gostaria de ouvir vocês falando sobre!
Tetris 99, tetris no geral, gostaria de ouvir vocês falando sobre!
Leandro Salmagi Coutinho
Além dos critérios universais da Ação Games, quais seriam os melhores critérios para se avaliar games? Há um critério para todos governar? Seria possível elaborar critérios jogo a jogo? É justo o mesmo critério para todos os gêneros?
Além dos critérios universais da Ação Games, quais seriam os melhores critérios para se avaliar games? Há um critério para todos governar? Seria possível elaborar critérios jogo a jogo? É justo o mesmo critério para todos os gêneros?
Tiago Lucas
Olá Danilo e Adriano, Achei interessantes e válidos os pontos que o Danilo levantou em relação àquilo que somente os games podem trazer. Ficaram, contudo, muitas questões para mim (o que é esperado dado a limitação de tempo do programa), mas questão que mais me incomoda no momento é a seguinte: Se alguns games nos fazem pessoas melhores, é correto pensar que outros nos fazem pessoas piores? Caso seja, de que maneiras? Seria correto pais proibirem certos games (se estes, de fato, nos tornariam pessoas piores, me parece ser a atitude mais coerente)? Seria necessario a critica de games denunciar... Read more
Olá Danilo e Adriano, Achei interessantes e válidos os pontos que o Danilo levantou em relação àquilo que somente os games podem trazer. Ficaram, contudo, muitas questões para mim (o que é esperado dado a limitação de tempo do programa), mas questão que mais me incomoda no momento é a seguinte: Se alguns games nos fazem pessoas melhores, é correto pensar que outros nos fazem pessoas piores? Caso seja, de que maneiras? Seria correto pais proibirem certos games (se estes, de fato, nos tornariam pessoas piores, me parece ser a atitude mais coerente)? Seria necessario a critica de games denunciar estes jogos - não enquanto ruins por não serem divertidos o suficiente, mas por serem perniciosos? Enfim, como fica o lado inverso da reflexão do Danilo? Games adquirem um peso ético que não sei se estamos dispostos a aceitar. Abraços de Smiley no Canadá - vila de 50 habitantes em Saskatchewan, conhecido por um muro de 500 metros feitos de pedras e conchas por um velinho que o contruiu simplesmente porque ele podia e pela poesia de fazer algo inutil (true story!)
Rafael A.
Fala Adriano e Danilo! Depois de quase 15 anos praticamente sem jogar games eu recentemente comprei um Switch e comecei a tomar gosto por games outra vez. Depois disso, resolvi correr atrás do que eu perdi nesses anos todos (e coisas que eu não tive acesso na época que jogava bastante). E com coisas como o Playstation Now fazendo streaming pro PC, nem os consoles eu tive que ir atrás. Só que que com a vida de casado e trabalho, acaba sobrando muito pouco tempo pra jogar, e não dá mais pra pegar jogos no chute como eu fazia. O... Read more
Fala Adriano e Danilo! Depois de quase 15 anos praticamente sem jogar games eu recentemente comprei um Switch e comecei a tomar gosto por games outra vez. Depois disso, resolvi correr atrás do que eu perdi nesses anos todos (e coisas que eu não tive acesso na época que jogava bastante). E com coisas como o Playstation Now fazendo streaming pro PC, nem os consoles eu tive que ir atrás. Só que que com a vida de casado e trabalho, acaba sobrando muito pouco tempo pra jogar, e não dá mais pra pegar jogos no chute como eu fazia. O tempo é escasso e as escolhas tem que ser certeiras. Daí eu comecei a encarar os games como pessoas encara livros ou filmes clássicos, e jogar só os mais simbólicos, aqueles que definem gêneros e eras. Sei que vocês passam pelo mesmo problema de tempo, e queria saber quais os critérios que vocês usam pra escolher os games que vão experimentar ou revisitar. No meu caso é um mix de legado, tempo no How Long to Beat e menções no Pouco Pixel. abração!
Danilo
Uns dois anos atrás conheci Shenmue e ele acabou se tornando um dos meus jogos favoritos, me fazendo emergir muito no mundinho de Ryo. Recentemente, tive a mesma experiência com um novo sucesso da indústria: Red Dead Redemption 2. Acabei me pegando em comparações entre ambos, no escopo do mundo e seus detalhes. Podemos considerar RDR2 um sucessor espiritual do gênero F.R.E.E.?
Uns dois anos atrás conheci Shenmue e ele acabou se tornando um dos meus jogos favoritos, me fazendo emergir muito no mundinho de Ryo. Recentemente, tive a mesma experiência com um novo sucesso da indústria: Red Dead Redemption 2. Acabei me pegando em comparações entre ambos, no escopo do mundo e seus detalhes. Podemos considerar RDR2 um sucessor espiritual do gênero F.R.E.E.?
diogo
se a sega entrasse no mercado de jogos novamente, com um video game, o que poderia acontecer de bom? os cabeças que faziam a sega grande pularam fora faz tempo, no entanto será que não poderia surgir algo de bom dai, eu ficaria curioso com um novo video game deles, mas tem que ser jogo foda, né, senão vira um zaboo, talvez eles tenham um myamoto escondido dentro da empresa só esperando a oportunidade e por que tem esse maldito monopólio, no ramo do sistema operacional, tem 3 basicamente, no de video game tbm
se a sega entrasse no mercado de jogos novamente, com um video game, o que poderia acontecer de bom? os cabeças que faziam a sega grande pularam fora faz tempo, no entanto será que não poderia surgir algo de bom dai, eu ficaria curioso com um novo video game deles, mas tem que ser jogo foda, né, senão vira um zaboo, talvez eles tenham um myamoto escondido dentro da empresa só esperando a oportunidade e por que tem esse maldito monopólio, no ramo do sistema operacional, tem 3 basicamente, no de video game tbm
William Brito
Olá. Gostaria da opinião de vocês sobre o GTA 5 especificamente. Vocês disseram que ele é um RPG. Entendo o ponto de vista de vocês, mas ele é um RPG puro, ou seja tem todas as caracterista e as famosas planilhas de dados escondidas que o faz ser um jogo 100% RPG? Pergunto isso, pois não gosto de jogos rpgs (talvez pela temática da fantasia e da magia), mas adoro GTA. Obrigado.
Olá. Gostaria da opinião de vocês sobre o GTA 5 especificamente. Vocês disseram que ele é um RPG. Entendo o ponto de vista de vocês, mas ele é um RPG puro, ou seja tem todas as caracterista e as famosas planilhas de dados escondidas que o faz ser um jogo 100% RPG? Pergunto isso, pois não gosto de jogos rpgs (talvez pela temática da fantasia e da magia), mas adoro GTA. Obrigado.
Danilo Torres
Uns dois anos atrás conheci Shenmue e ele acabou se tornando um dos meus jogos favoritos, me fazendo emergir muito no mundinho de Ryo. Recentemente, tive a mesma experiência com um novo sucesso da indústria: Red Dead Redemption 2. Acabei me pegando em comparações entre ambos, no escopo do mundo e seus detalhes. Queria saber a opinião do Danilo, se ele considera RDR2 um sucessor espiritual do gênero F.R.E.E.
Uns dois anos atrás conheci Shenmue e ele acabou se tornando um dos meus jogos favoritos, me fazendo emergir muito no mundinho de Ryo. Recentemente, tive a mesma experiência com um novo sucesso da indústria: Red Dead Redemption 2. Acabei me pegando em comparações entre ambos, no escopo do mundo e seus detalhes. Queria saber a opinião do Danilo, se ele considera RDR2 um sucessor espiritual do gênero F.R.E.E.
Fabian Ribeiro
Vocês acreditam que os remakes, como Final Fantasy VII, StarCraft HD ou Age of Empires 2 HD, está significando uma escassez criativa das empresas ou mesmo do game design dos jogos? Será que chegamos nos limites do que é executável em termos de jogabilidade? Pois parece que no fim, tudo se resume em forçar franquias, acreditando que a nostalgia somada a gráficos modernos são o hype dos video-games. Ouço o podcast de vocês, e cursei a faculdade inteira ouvindo o Pouco Pixel durante o trajeto, excelente conteúdo e com muita profundidade, parabéns.
Vocês acreditam que os remakes, como Final Fantasy VII, StarCraft HD ou Age of Empires 2 HD, está significando uma escassez criativa das empresas ou mesmo do game design dos jogos? Será que chegamos nos limites do que é executável em termos de jogabilidade? Pois parece que no fim, tudo se resume em forçar franquias, acreditando que a nostalgia somada a gráficos modernos são o hype dos video-games. Ouço o podcast de vocês, e cursei a faculdade inteira ouvindo o Pouco Pixel durante o trajeto, excelente conteúdo e com muita profundidade, parabéns.
Toni
Historicamente sabemos que nunca fizeram um filme decente baseado numa IP originária dos video games. A maior parte são cocôs flamejantes, quando muito fazem um filme bem meia boca que até fica fidedigno mas não empolga quem frequenta os cinemas e muito menos a crítica especializada, só os fãs da franquia original e olhe lá. Pq é tão difícil fazer adaptar um video game pro cinema, sendo que o hoje em dia o que mais se tem são jogos com um roteiro bem estruturado que foi pensado previamente. Entendo que a falta da interatividade é um fator chave mas vocês... Read more
Historicamente sabemos que nunca fizeram um filme decente baseado numa IP originária dos video games. A maior parte são cocôs flamejantes, quando muito fazem um filme bem meia boca que até fica fidedigno mas não empolga quem frequenta os cinemas e muito menos a crítica especializada, só os fãs da franquia original e olhe lá. Pq é tão difícil fazer adaptar um video game pro cinema, sendo que o hoje em dia o que mais se tem são jogos com um roteiro bem estruturado que foi pensado previamente. Entendo que a falta da interatividade é um fator chave mas vocês poderiam se aprofundar um pouco mais no pq de não existir um filme decente baseado em jogos de video game. Abraço.
mateus
por que vocês referenciam tanto o lixo do atari? os jogos são injogaveis, não tem nada de bom nele, é um video game que deveria ser esquecido de tão ruim era sabe o que é pior, ele provavelmente ainda é o video game mais referenciado nos filmes recente, eu não me lembro de nenhum filme que cita ou mostra video games pós nes, o unico que lembro é o 500 dias com ela que no inicio do filme no apartamento do cara a câmera passa por um super nintendo isso mostra o quão ele é impactante? não, me parece mais... Read more
por que vocês referenciam tanto o lixo do atari? os jogos são injogaveis, não tem nada de bom nele, é um video game que deveria ser esquecido de tão ruim era sabe o que é pior, ele provavelmente ainda é o video game mais referenciado nos filmes recente, eu não me lembro de nenhum filme que cita ou mostra video games pós nes, o unico que lembro é o 500 dias com ela que no inicio do filme no apartamento do cara a câmera passa por um super nintendo isso mostra o quão ele é impactante? não, me parece mais um "qual é o video game famoso ai, a tem o atari que apareceu no blade runner, a entao pega ele e bota ai"
Rodrigo Faleiros
Citem aí uma cena perfeita de um jogo pouco pixel, aquele momento que tudo encaixa perfeitamente: arte, música, história, jogabilidade, etc. Pra mim, por exemplo, foi em Final Fantasy 6, quando o vilão, Kefka, envenena o reino de Doma e mata todo mundo, inclusive a família de um dos personagens. É uma cena inesperada, que demonstra toda a crueldade do vilão, reforçada pelo momento da história do jogo, pela música e pela reação dos personagens.
Citem aí uma cena perfeita de um jogo pouco pixel, aquele momento que tudo encaixa perfeitamente: arte, música, história, jogabilidade, etc. Pra mim, por exemplo, foi em Final Fantasy 6, quando o vilão, Kefka, envenena o reino de Doma e mata todo mundo, inclusive a família de um dos personagens. É uma cena inesperada, que demonstra toda a crueldade do vilão, reforçada pelo momento da história do jogo, pela música e pela reação dos personagens.
Rodrigo Faleiros
Como vocês lidavam quando se deparavam com linguagens diferentes em jogos antigos? Jogaram, na época, algum jogo em espanhol, russo, francês ou outra língua que não o inglês?
Como vocês lidavam quando se deparavam com linguagens diferentes em jogos antigos? Jogaram, na época, algum jogo em espanhol, russo, francês ou outra língua que não o inglês?
TioRAC
Vocês podem falar de estilos de jogos ou jogos, que vemos em imagens / vídeos e ficamos com vontade de jogar, mas quando a gente consegue o jogo, não ficamos nem 30 minutos jogando. Comigo são os RPGs isométricos, desde a época do MS-DOS, sempre que vejo esse estilo de jogo fico com muita vontade de jogar, mas quando compro, acabo não gostando muito e jogando pouco. Mas não aprendo, se ver outras fotos de outros jogos do mesmo estilo, fico com vontade de jogar.
Vocês podem falar de estilos de jogos ou jogos, que vemos em imagens / vídeos e ficamos com vontade de jogar, mas quando a gente consegue o jogo, não ficamos nem 30 minutos jogando. Comigo são os RPGs isométricos, desde a época do MS-DOS, sempre que vejo esse estilo de jogo fico com muita vontade de jogar, mas quando compro, acabo não gostando muito e jogando pouco. Mas não aprendo, se ver outras fotos de outros jogos do mesmo estilo, fico com vontade de jogar.
arkauss - sou autista
Doctor Mario. Eu tenho uma coleção digital de revistas antigas da época dos primeiros consoles populares (MASTER, MEGA, Nintendo, SNES). Lendo alguns títulos eu me deparei com um artigo que eu não sabia: nosso querido encanador Mario Mario já foi doutor, em Doctor Mario (no Nintendinho). Eu gostaria de sugerir uma pauta onde vocês debulhassem a participação de personagens conhecidos de seus jogos em outros jogos. Existe mais algum conteúdo que aborde isso? Aguardo ansiosamente. Amo vocês!!
Doctor Mario. Eu tenho uma coleção digital de revistas antigas da época dos primeiros consoles populares (MASTER, MEGA, Nintendo, SNES). Lendo alguns títulos eu me deparei com um artigo que eu não sabia: nosso querido encanador Mario Mario já foi doutor, em Doctor Mario (no Nintendinho). Eu gostaria de sugerir uma pauta onde vocês debulhassem a participação de personagens conhecidos de seus jogos em outros jogos. Existe mais algum conteúdo que aborde isso? Aguardo ansiosamente. Amo vocês!!
vanir
eu penso em colecionar jogos e videos games antigos no futuro e um negocio que fica na minha cabeça é a idade dos console, o nintendinho é dos anos 80 o super nintendo de 93 eu acho, quanto tempo essas coisas velhas vão continuar funcionando? uma hora simplesmente vai tudo para de funciona? eu não manjo de tecnologia e o tempo que elas duram acho mais interessante um console que consiga emular tudo, não gosto de jogar no pc nem emular nele e tem muito jogo que simplesmente não roda como o body harvest pra n64, que é um pre... Read more
eu penso em colecionar jogos e videos games antigos no futuro e um negocio que fica na minha cabeça é a idade dos console, o nintendinho é dos anos 80 o super nintendo de 93 eu acho, quanto tempo essas coisas velhas vão continuar funcionando? uma hora simplesmente vai tudo para de funciona? eu não manjo de tecnologia e o tempo que elas duram acho mais interessante um console que consiga emular tudo, não gosto de jogar no pc nem emular nele e tem muito jogo que simplesmente não roda como o body harvest pra n64, que é um pre gta com alens que simplesmente da tela azul no pc
Hugo
Vocês acham que os smartphones(sem addons) são boas plataformas de emulação? Vocês jogam emuladores direto na tela touch? quais consoles funcionam com controles virtuais?
Vocês acham que os smartphones(sem addons) são boas plataformas de emulação? Vocês jogam emuladores direto na tela touch? quais consoles funcionam com controles virtuais?
heleno
battletoad é um pre botão responsivo como o danilo gosta de elogiar no zelda ocarina?, tava jogando e com um unico botão da pra fazer uma pa de coisa
battletoad é um pre botão responsivo como o danilo gosta de elogiar no zelda ocarina?, tava jogando e com um unico botão da pra fazer uma pa de coisa
gaf
comerciais do ps2 feitos pelo david lynch: por que ainda não temos jogos assim?
comerciais do ps2 feitos pelo david lynch: por que ainda não temos jogos assim?
Gustavaozão
Olá dupla tudo bem? No episódio anterior o Adriano disse que tem pouco tempo para jogar vídeo game durante o dia, então gostaria de saber como vocês fazem para manter o controle quando a vontade de jogar é muito grande. Explico, a menos de um mês comecei a jogar League of Legends, nunca me interessei pelo jogo, então a ideia era jogar casualmente sem levar a sério, mas após algumas partidas descobri que LOL é muito bom. Até ai tudo bem. Porém, isso está tomando o espaço das atividades da minha vida, não consigo pensar em outra coisa que não... Read more
Olá dupla tudo bem? No episódio anterior o Adriano disse que tem pouco tempo para jogar vídeo game durante o dia, então gostaria de saber como vocês fazem para manter o controle quando a vontade de jogar é muito grande. Explico, a menos de um mês comecei a jogar League of Legends, nunca me interessei pelo jogo, então a ideia era jogar casualmente sem levar a sério, mas após algumas partidas descobri que LOL é muito bom. Até ai tudo bem. Porém, isso está tomando o espaço das atividades da minha vida, não consigo pensar em outra coisa que não seja o jogo e meus outros hobbies estão ficando em segundo plano, isso me incomoda. Tenho 21 anos e acho que pedir para minha mãe controlar meu tempo de jogo não é a melhor ideia. Gostaria de saber como posso lidar com isso? Se vocês podem me dizer se esse vício é algo inicial e como fazer para não deixar o jogo sair do computador. Desde já agradeço a ajuda. Vida longa ao Pouco Pixel,